Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Não sei... Eu sou...

Eu sou passado, sou história

Já não sou café, sou chicória
Já não me amas, mas amaste
Eu já não vivo, tu me mataste
Não tenho coração, foi-me roubado
Não tenho perdão, foi-me negado
Não sei como viver, pois já morri
Pois o amor já cá não vive, já não me sorri
Não embarco em loucuras, sou mais pacato
Rastejo na estrada, como um velho sapato
Já não sei o que é sorrir, só o que é chorar
E o pior está por vir, ver-te subir ao altar
Já não me negas, assumes-me como um amor
Mas de todos escondes, assim provocas-me dor
Por mim não lutas, a mim não deixas lutar
Já não me disputas, mas insistes em dizer que me continuas a amar
Eu sou passado, eu sou história
Sou uma vivência, sou uma memória
Já fui trocado, já me estão a esquecer
Eu sou um fraco, sou alguém que ninguém quer
Sou o vagabundo, o ser amargurado
Sou o fadista, cantor sem guitarra ao lado
Sou quem eu sou, ou quem julgo ser
Sou o perdão, sou o que um dia gostaria de ter
Sou um mendigo, mendigando o amor
Um ser esquecido, sou a própria dor
Sou o alpinista, que desiste na subida
Sou o alpinista, aquele que morre na descida
Sou o cão raivoso, sou quem querem afastar
Mas eu sou um doce, porque não me deixam aproximar?
Sou eu, simplesmente um ser
Que muita asneira cometeu, que luta pelo que quer
Sou o derrotado, o prisioneiro militar
O triste inimigo, o triste que todos querem aniquilar
Sou eu, e assim serei
Hoje sou réu, será que amanha serei rei?
Hoje morro, hoje sei que não vou ressuscitar
Falta-me o beijo doce, o beijo da princesa para me desencantar
Será que ela vem, será que vai chegar
Sinceramente não sei, mas não me parece que ela me queria beijar….

 

 

 

 


publicado por sensei às 10:36
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De fofinhatuga a 16 de Janeiro de 2009 às 10:59
Muito bonito mas muito triste também este poema...ou melhor dizendo, este desabafo!!!
Todavia não és nenhum fraco, um ser esquecido e muito menos um derrotado...és uma pessoa fantástica com um coração muito nobre.
És um ser humano que ama, sofre, se apaixona, ri e chora ao mesmo tempo, comete asneiras e por muito que lhe custe a subida, não deixa nunca, mas nunca de ser alpinista e procurar chegar ao topo da montanha.
Tu és um lutador.
Tu irás alcançar esse topo, eu sei que sim...sei que custa (e muito), que muitas vezes nos faltam as forças e que nos apetece deixar tudo para tras, mas acredita que depois verás que as pedras que te tentaram derrubar na subida não passam disso mesmo, pedras...e que no topo irás ver finalmente o sol a brilhar.
Mereces ser muito feliz.


De CA a 16 de Janeiro de 2009 às 11:31
Quando se rasteja por alguém, significa que esse alguám não nos merece.
Não te marterizes por quem não merece e já fez a sua escolha.
Há que olhar em frente para o futuro, não desanimar. Quantas coisas boas o futuro pode trazer? Olha para a frente e deixa o passado atrás olha só para ele para que não cometas os mesmos erros.
Tu mereces muito mais que isso.


De fofinhatuga a 16 de Janeiro de 2009 às 14:11
Palavras sábias e encorajadoras...realmente não mereces isto.
Preserva os amigos...nunca a deixes fugir!
Mereces muito mais e melhor!


Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.Contador

Contador de acesso grátis
Temporada

.pesquisar

 

.Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
17

18
21
22
23
24

25
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Testamento

. Adeus... Acabou ou acabar...

. "Odeio-te Temporáriamente...

. Não sei... Eu sou...

. Quando.... Quando.....

. Acorda para a VIDA

. "Pensamento"

. Ai... Até já

. Não me mereces

. Quando olho nos teus olho...

.arquivos

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags